Chegou a Semana Nacional do Trânsito

Todos os anos, entre os dias 18 e 25 de setembro, acontece a Semana Nacional de Trânsito. A data tem o objetivo de trazer conscientização para todos os envolvidos no dia a dia do trânsito, sejam eles motoristas, passageiros, motociclistas, ciclistas ou pedestres.

Neste ano, o mote é “No trânsito, o sentido é a vida”, definido oficialmente pelo Contran (Conselho Nacional de Trânsito).

As ações, que acompanham as da “Década Mundial de Ações Para a Segurança do Trânsito – 2011/2020”, visam chamar a atenção sobre a importância da mudança de atitude de cada um de nós, evidenciando que cada um é responsável por mudar o cenário do alto número de acidentes adotando novos comportamentos que valorizem a vida.

Neste sentido, não apenas o motorista é responsável por um trânsito seguro, mas também motociclistas, pedestres e ciclistas.

Trânsito no Brasil

O Brasil deve cumprir a meta da Organização das Nações Unidas (ONU) para a redução, em 50%, da mortalidade em acidentes de trânsito. O desafio é grande, tendo em vista que de janeiro a junho deste ano, houve quase 19 mil mortes no trânsito brasileiro, e 77% das vitimas eram motociclistas.

Segundo o boletim estatístico da Seguradora Líder (administradora do seguro DPVAT – Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre), foram pagas mais de 155 mil indenizações de janeiro a junho de 2019. Os casos de Invalidez Permanente representaram a maioria das indenizações pagas pelo Seguro DPVAT no período (66%).

Quanto ao perfil das vítimas, a maior incidência de indenizações pagas foi para vítimas do sexo masculino, de 18 a 34 anos, representando 46% do total, o que corresponde a cerca de 72 mil indenizações.

Cada um faz sua parte

Se você quer dirigir melhor, a dica que damos hoje é adotar a Direção Defensiva

Um estudo conduzido pelo Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV) apontou que 90% dos acidentes ocorrem por falhas humanas. Desatenção dos condutores e desrespeito à legislação são comuns, com motoristas trafegando com excesso de velocidade, usando celular, ignorando cinto de segurança ou capacete e consumindo bebidas alcoólicas.

Falhas no veículo representam apenas 5% das causas dos acidentes, sendo que as manutenções preventivas e corretivas são responsabilidades do condutor, podendo se associar esta causa a fator humano também.

Os 5% restantes estão ligados a problemas na via, tais como estradas mal sinalizadas ou pista com defeitos.

Para evitar acidentes e conservar sua vida e a da sua família, é essencial trazer a Direção Defensiva para o dia a dia no trânsito, pois ela torna a direção mais segura mesmo frente a condições adversas que possam ser encontradas nas vias de trânsito, isto é, fatores possivelmente prejudiciais à sua condução tais como chuva forte, falhas na via e defeitos no veículo.

Eu aplico a Direção Defensiva no meu dia a dia?

Trazemos as dicas a seguir como um estímulo a reflexão: eu aplico Direção Defensiva no meu dia a dia? Confira:

O VEÍCULO: Você conhece o funcionamento do seu veículo e faz a manutenção preventiva sempre? É importante cuidar dos pneus, cintos de segurança, sistema de iluminação, freios, e demais componentes para que estejam funcionando corretamente e em boas condições de uso.

O MOTORISTA:  Como é sua postura ao volante? Sabia que se sentando corretamente evita o desgaste físico e tem uma melhor visualização da via, do painel do carro e dos retrovisores (devidamente ajustados)? Além disso, como está seu foco no trânsito? Lembre-se de jamais utilizar o celular, álcool, drogas, ou dirigir se estiver com sono.

Também é importante manter uma atitude positiva, não se envolvendo em brigas de trânsito e buscando manter o nível de stress baixo.

CONHECIMENTO TEÓRICO: É muito importante ter conhecimento sobre as regras de trânsito para poder reagir corretamente as diferentes situações que podem surgir, por isso deve sempre estar atualizado nos conceitos de Direção Defensiva. Você está com as informações atualizadas?

AS CONDIÇÕES DA VIA DE TRÂNSITO: Você respeita o limite de velocidade e demais sinalizações? Fica atento as condições da pista que pode ter buracos, elevações ou alterações no tipo de pavimento que venham a prejudicar a dirigibilidade do carro? Fica atento também a chuva e neblina, vento ou fumaça proveniente de queimadas podem alterar a visibilidade do motorista ou alterar a aderência à pista? Sabe como reagir em cada um destes casos?

É importante saber como proceder em cada uma destas situações e prever quando elas estão se aproximando: para isso serve a Direção Defensiva.

Onde posso estudar Direção Defensiva?

 O Cursos de Trânsito, atuando há mais de 16 anos no mercado, oferece o Curso de Direção Defensiva na modalidade de Ensino a Distância.

O curso é 100% online e você pode estudar onde e quando quiser, diretamente de seu computador, tablet ou celular!

Consulte preço especial para empresas.

Fonte: ONSV, EBC, Seguradora Líder

Por Amanda Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ESTÁ COM ALGUMA DÚVIDA?

0800 400 2107 ou contato@cursosdetransito.com.br
De segunda-feira a sexta-feira, das 08h30 às 21h00. Sábado, das 09h00 às 12h00 e das 13h00 às 18h00.  Exceto Feriados.