CNH Suspensa com 40 pontos: Pesquisa mostra o que os brasileiros pensam sobre.

Muito se tem ouvido falar sobre o projeto de lei que, entre outras medidas, altera de 20 para 40 o número de pontos limite de suspensão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Em meio as discussões sobre o tema, a Folha de S. Paulo divulgou o resultado de uma pesquisa que abordou vários pontos polêmicos do Projeto de Lei entregue pelo governo federal à Câmara dos Deputados.

Aumento do limite de pontos

Segundo a pesquisa Datafolha, o aumento da pontuação máxima da CNH foi reprovado por 56% da população. Já 41% dos brasileiros ouvidos são favoráveis à medida, 3% não souberam responder e 1% disse ser indiferente à questão.

Vale lembrar que o projeto ainda não foi aprovado, portanto continua em vigor a legislação que fixa em 20 a pontuação que suspende o direito de dirigir automóveis, caminhões, ônibus e motocicletas. Além disso, pela legislação vigente, há infrações que levam diretamente à suspensão da CNH, como dirigir alcoolizado; dirigir ameaçando os pedestres; disputar racha ou competições esportivas; executar manobra perigosa; deixar de prestar socorro em acidente;  transpor, sem autorização, bloqueio viário policial; e excesso de velocidade.

Outras mudanças sugeridas também geram polêmica

Um ponto que tem gerado polêmica é a troca da multa por advertência no transporte de crianças de até 7 anos sem cadeirinha, mudança que foi rejeitada por 68% dos entrevistados e aceita por 30%. 1% se mostrou indiferente e 1% não soube responder.

Quando se trata do cancelamento da instalação de radares em rodovias federais, 67% pessoas que responderam à pesquisa são contra, enquanto 30% apoiaram à decisão. A medida é indiferente para 1% e 2% não opinaram.

Para 41% dos entrevistados, o pacote de mudanças na legislação apresentado tornará o trânsito mais violento. Para 20% ficará mais seguro e 36% afirmaram que nada irá mudar, e 1% não souberam responder.

Como fica para quem já tem 20 pontos na CNH?

O projeto de lei 3.267/19 ainda não foi aprovado, e é importante destacar que o projeto não estabelece efeito retroativo para a medida. Assim, os 40 pontos como limite de suspensão da CNH só terão validade a partir da sanção da futura lei, ou seja, quem já atingiu 20 pontos na legislação atual continuará com a Carteira Suspensa. 

A regularização da situação da CNH se dá por meio da realização do curso de Reciclagem – que já pode ser feito online em diversos estados – conforme previsto do artigo 261 do CTB.

O IBACBRASIL Cursos de Trânsito oferece o Curso de Reciclagem na modalidade EAD, isto é, totalmente Online, atendendo aos requisitos exigidos pela Resolução 168 do Contran. Neste curso, o aluno é quem escolhe os horários de estudo que melhor se adaptarem a sua rotina e a quantidade de horas estudadas. A partir de 03 dias já se podem concluir estudos, mas o aluno tem até 45 dias para concluir caso prefira.

Para se inscrever acesse www.cursosdetransito.com.br e selecione seu estado para ler o passo a passo de como realizar o Curso de Reciclagem no seu estado.

Escrito por: Amanda Silva

Fontes: Folha de São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ESTÁ COM ALGUMA DÚVIDA?

0800 400 2107 ou contato@cursosdetransito.com.br
De segunda-feira a sexta-feira, das 08h30 às 21h00. Sábado, das 09h00 às 12h00 e das 13h00 às 18h00.  Exceto Feriados.